Disciplinas Eletivas do Ensino Médio: como criamos o time de editores e o que vem por aí

A Reforma do Ensino Médio trouxe a necessidade de criar novas experiências de aprendizagem para os itinerários formativos. Para atender essa demanda, a Geekie expandiu sua equipe editorial e criou um time focado na criação de disciplinas eletivas. Neste texto, conto um pouco como foi esse processo.

O Ensino Médio é considerado um gargalo na educação brasileira, sendo nessa etapa que ocorre a maior evasão escolar: apenas cerca de 6 em cada 10 brasileiros de até 19 anos concluem o Ensino Médio na faixa etária adequada. Os motivos para isso variam entre desinteresse, pouca conexão do ensino com a realidade dos estudantes, gravidez adolescente ou necessidade de trabalhar para sustentar ou ajudar a família.

A reformulação do Ensino Médio e a estruturação dos currículos com referência na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) de 2018 são esforços para tentar, justamente, reverter esse gargalo. Isso se dá com base em 4 pilares estabelecidos por lei para as finalidades do segmento: 

  1. Aprendizagem significativa e ativa;
  2. Acesso à ciência, à tecnologia, à cultura e ao empreendedorismo; 
  3. Ensino com enfoque socioemocional e responsabilidade social e política; 
  4. Apropriação das linguagens científicas e tecnológicas.

No novo Ensino Médio, esses pilares se traduzem em um currículo muito mais interdisciplinar para escolas públicas e privadas, contando agora com itinerários formativos, sua parte flexível. Com eles, além do estudo do currículo das tradicionais áreas de conhecimento, estudantes podem escolher livremente as áreas em que desejam se aprofundar, para terem autonomia em relação à própria formação e ao que mais lhes interessa. 

Os itinerários formativos da Reforma do Ensino Médio da BNCC

Educação Digital capítulo sobre autoimagem para 9º ano do Ensino Fundamental - Geekie One
Educação Digital, disciplina exclusiva do Geekie One, capítulo sobre autoimagem para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental – Geekie One

A estrutura dos itinerários formativos é uma grande novidade na educação brasileira, e foi essa tanto a oportunidade quanto o desafio que a Geekie abraçou nos últimos meses de 2019. A BNCC estipula que os itinerários devem ter base em ao menos um de quatro eixos estruturantes: 

  1. Investigação científica;
  2. Processos criativos;
  3. Mediação e intervenção sociocultural; 
  4. Empreendedorismo.

Com um sem fim de novas possibilidades à frente, trazidas pela flexibilidade dos novos currículos, a equipe pedagógica da Geekie destrinchou o documento da BNCC para entender de que forma poderíamos alinhar nossa expertise às necessidades que as escolas passaram a ter na implementação do novo modelo da etapa do Ensino Médio. A saída foi buscar este impacto por meio da própria cultura de trabalho da Geekie – algo que já explorávamos na forma com que produzimos nosso conteúdo autoral, mas que ainda não tínhamos trazido explicitamente no conteúdo em si.

Com isso, uma nova equipe, o time de Disciplinas Eletivas, se formou para criar os conteúdos para o Geekie One – e é essa a história que contarei brevemente neste artigo.

Assista ao bate-papo on-line sobre a proposta do Geekie One para a Reforma do Ensino Médio

O histórico de Educação Digital, disciplina exclusiva do Geekie One

Quando entrei na Geekie, fui contratada para o time de Educação Digital, uma aposta nova que buscava solucionar dois problemas em um: suavizar o impacto, nas escolas, da implementação do ensino focado no uso do digital; e também trazer uma formação baseada em habilidades e competências relativa ao uso que fazemos do mundo digital, refletindo sobre seus riscos, desafios e oportunidades, com grande enfoque socioemocional. A disciplina estava sendo construída principalmente para o Ensino Médio, estendendo-se ao longo do ano seguinte também para os anos finais do Ensino Fundamental.

O sucesso de Educação Digital nas escolas foi se mostrando semana a semana, mês a mês, e conseguimos demonstrar a relevância da disciplina à medida que suas rotinas, combinados e práticas ativas começaram a impactar alunos e alunas, docentes e coordenadores(as) dentro e fora da sala, promovendo comportamentos conscientes e responsáveis e alterando a dinâmica de outras disciplinas em busca de uma aprendizagem muito mais ativa. 

Em um de nossos capítulos, elaboramos uma proposta de redação bastante similar à que foi pedida no Enem 2018 quase um ano depois, o que ajudou vários alunos e alunas de escolas Geekie a terem bons resultados na prova oficial.

Com essa experiência e o sucesso da disciplina, meu time já pensava sobre a possibilidade de criarmos novas disciplinas que abarcassem outros temas tão importantes quanto e que tradicionalmente não entram no escopo do currículo rígido de conhecimentos da educação básica. A implementação dos itinerários formativos foi a chance que encontramos para penetrar mais fundo na escola, introduzindo um pouco de nossa cultura e preparando cada vez mais estudantes para as novas realidades.

Leia mais: Educação Digital: É papel da escola?

O novo time de Disciplinas Eletivas do Geekie One

Com essa nova demanda, o time de Educação Digital se tornou o time de Disciplinas Eletivas. Para iniciar as pesquisas por quais seriam essas novas disciplinas, revisitamos os diversos feedbacks que havíamos recebido de professores e professoras, as necessidades que mapeamos das escolas e, também, de que forma poderíamos usar as forças internas da Geekie para construir as novas disciplinas.

Para isso, realizamos alguns ciclos de sprints, metodologia de reuniões e processos criada no Google que busca agilizar a entrega de soluções para um produto. Ao fim dos sprints, a disciplina de Educação Digital ganhou novas companheiras: Criatividade e Inovação e Empreendedorismo Social.

Em Criatividade e Inovação, trazemos a cultura da Geekie, baseada no treino e desenvolvimento da criatividade, como ela está relacionada à criação de soluções e produtos, com base na metodologia do Design Sprint. Ao fim da disciplina, estudantes terão vivenciado etapas da concepção de um produto, construído protótipos, e entendido mais sobre o mercado e o que ele exige na elaboração de soluções. 

Empreendedorismo Social, por sua vez, alia o empreendedorismo à transformação social, por meio da análise dos cenários econômicos e sociais presentes no país, reconhecendo oportunidades de atuação para estimular estudantes a serem agentes por uma sociedade melhor aliado à geração de renda. Ao fim do curso, alunos e alunas desenvolverão e executarão um projeto social e construirão uma rede empreendedora com base nas ferramentas aplicadas ao longo da disciplina.

As metodologias e o embasamento usados na concepção, criação e desenvolvimento das eletivas são aplicadas de forma cotidiana em todos os processos da Geekie, o que faz com que a construção das disciplinas eletivas ocorra de forma muito colaborativa entre as diferentes áreas. 

Nosso time é responsável pela criação dos materiais e das experiências de aprendizagem, mas também bebemos de muitas fontes de referências e conhecimentos que temos aqui dentro: os times de designers pedagógicos, de desenvolvimento de produto, de engenharia, entre outros.

Com a adição de novas disciplinas, nosso time também cresceu muito mais. Hoje, temos editores com diferentes formações, que dialogam, estudam e se aperfeiçoam para unir forças e construir um material interdisciplinar e heterogêneo em conhecimento.

Foto: Docentes fazem formação sobre a disciplina eletiva Criatividade e Inovação para o Itinerarios formativos do Geekie One
Professores e professoras de escolas parceiras do Geekie One participam de formações para incluir a disciplina Criatividade e Inovação em seus currículos

E o que vem por aí: formações de professores e professoras, apoio da consultoria pedagógica e muito mais

Nossa perspectiva para daqui em diante é continuar contribuindo para uma melhor transição do novo Ensino Médio. As eletivas são parte fundamental nesse processo, oferecendo caminhos para compor os itinerários formativos. Para auxiliar a implementação das novidades, a Geekie traz também formações para professores e professoras, consultoria pedagógica e orientações e dicas de realização e planejamento das aulas e das metodologias ativas para docentes, colocadas diretamente nos capítulos.

O que nos aguarda agora é explorar ainda mais os caminhos abertos pela reformulação do Ensino Médio. Será nosso trabalho ao longo do ano aprimorar cada vez mais o material que já oferecemos, mas o time de Eletivas está responsável também por criar novas disciplinas e novas opções de itinerários formativos para as escolas. Vamos impulsionar cada vez mais na educação brasileira a aprendizagem ativa e significativa, e as Eletivas estão aí como aliadas de um ensino ético, responsável e que prepara para o agora e para o futuro.

* Ana Lourenço é editora das disciplinas eletivas do Ensino Médio e Fundamental. Jornalista formada pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e especializada em Educação e Tecnologia, atuando há mais de seis anos como repórter e editora de materiais jornalísticos e didáticos. Produziu e dirigiu o documentário “Rito do Mérito”, sobre os mitos e dificuldades do acesso ao ensino superior, além da série “Fora da Grade”, que retrata projetos inovadores e gratuitos de educação em São Paulo. Atua como editora de Educação Digital e disciplinas eletivas do Ensino Médio do Geekie One.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Bitnami