Interdisciplinaridade: 3 ideias de projetos transversais para o ensino de Ciências

O conhecimento e o desenvolvimento de competências e habilidades não pode ser restrito a uma única área do conhecimento na escola. Estimular a interdisciplinaridade com projetos transversais colabora com a integração e confere significado ao processo de aprendizagem. Confira três ideias para colocar essa ideia em prática

O ensino de Ciências nos anos do Ensino Fundamental depende amplamente da integração dos conceitos abordados em sala de aula com outros conceitos abordados em outras disciplinas e até mesmo com aquilo que os estudantes têm contato no seu dia-a-dia. Por isso, os objetos de estudo presentes no currículo de Ciências são ideais para o trabalho com a metodologia de projetos de forma transversal, englobando outras disciplinas e consolidando o processo de aprendizagem de forma significativa. Iremos dar três ideias que podem ajudar nessa interdisciplinaridade em Ciências e ser desenvolvidas de forma transversal em projetos na escola, utilizando como ponto de partida um objeto de conhecimento de Ciências da natureza.

1. Metodologia científica no trabalho de fact checking

O aprendizado das etapas do método científico pode ser ampliado com a elaboração de um projeto com outras disciplinas sobre fact checking e fake news. Assunto muito debatido atualmente, saber detectar quando uma notícia é fake news é de interesse amplo. Selecionando notícias e trabalhando com as disciplinas de Língua Portuguesa e Educação Digital, é possível usar algumas etapas do método científico para fazer o famoso fact checking, para detectar se uma informação procede ou não.

2. Sexualidade humana e controle de natalidade

A BNCC prevê que no 8º ano os estudantes desenvolvam habilidades como comparar o modo de ação e eficácia dos métodos contraceptivos na prevenção de gravidez precoce e de transmissão de doenças e infecções. Essas habilidades podem ser desenvolvidas em um projeto com interdisciplinaridade em Ciências com as disciplinas de Geografia e até mesmo Matemática, levantando dados demográficos de natalidade, gravidez precoce e pirâmides etárias de diferentes regiões e bolando estratégias de campanhas de conscientização para levar informações sobre o uso correto de métodos contraceptivos em diferentes regiões. 

3. Efeito estufa e a Revolução Industrial

A Revolução Industrial é um assunto de abordagem importante entre as Ciências Humanas, pois seu estudo é crucial para o entendimento sobre o desenvolvimento das cidades e dos produtos que conhecemos hoje. Uma sugestão para um projeto que envolva as Ciências Humanas com as da Natureza é utilizar o efeito estufa como ponto de partida para abordar quais podem ter sido os fatores importantes na intensificação deste fenômeno – relacionadas com a Revolução Industrial – para chegar nos dias de hoje, refletindo sobre como esses fatores podem ter influenciado nas mudanças climáticas e o que é possível fazer hoje para amenizar esta situação.

cta ebook práticas ativas

Estas são apenas algumas ideias que mostram como o aprendizado de Ciências da Natureza pode ser aplicado em diferentes situações e englobando diferentes disciplinas com interdisciplinaridade e o uso da metodologia de projetos. O aprendizado por projetos é benéfico não só por promover essa integração, mas também por desenvolver competências como a resolução de problemas e por trazer aplicação e significado para aquilo que os estudantes vêem em sala de aula.

*Carolina Brandão é bacharel em Ciências Biológicas com habilitação em Biologia Marinha pela Unesp e pós-graduada em Manejo e Conservação de Fauna Silvestre pela Universidade de Santo Amaro. Trabalha como redatora, editora e revisora técnica de materiais didáticos desde 2010 atuando na área de Ciências da Natureza. Em 2014 ingressou na Universidade de São Paulo no curso de licenciatura em Ciências. Trabalhou na Geekie em 2017 e hoje é colaboradora do InfoGeekie como colunista.

Leia outros artigos da Carolina Brandão:


Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Bitnami