Curso da Fundação Lemann ensina gestor escolar a planejar a longo prazo

Conteúdo que entra no ar hoje no site Coursera traz conceitos e ferramentas para diretores e coordenadores trabalharem estratégia, além das questões pedagógicas

Quem dirige escola sabe: as demandas do cotidiano, como providenciar a substituição de um professor com dengue ou analisar um caso grave de indisciplina, são tão urgentes que muitas vezes o planejamento estratégico fica em segundo plano.

Para reforçar a importância desse planejamento – e divulgar conceitos e ferramentas para colocá-lo em prática –, a Fundação Lemann está lançando o curso online gratuito Gestão para a Aprendizagem, em parceria com o Coursera, site americano que oferece conteúdos das melhores universidades do mundo.
O ponto de partida do curso é definir conceitualmente o papel do gestor. Na maioria das vezes, ele tem uma formação basicamente pedagógica, está mais ligado à prática do ensino. Mas a ascensão ao cargo de diretor ou coordenador exige que alie à liderança pedagógica funções administrativas. E também que passe a pensar meses ou anos à frente – estabelecendo, por exemplo, metas de melhoria gradual de desempenho da escola no Enem para usá-lo como fator de atração de alunos.
De quebra, o gestor precisa estender seu papel de liderança a toda a comunidade escolar. Isso inclui, é claro, o contato rotineiro com professores e alunos, mas também com atores externos, como pais, fornecedores e a comunidade do entorno da instituição. 

Opinião de pai e resultado do Enem

“O dia a dia é tão pesado, com a necessidade de apagar incêndios o tempo todo, que o gestor escolar está pouco acostumado a planejar a longo prazo”, diz o coordenador de projetos da Fundação Lemann, Guilherme Antunes. “Ele precisa definir seus reais objetivos, seu foco, e maneiras de avaliar o resultado das suas ações. Tem de estabelecer indicadores dos resultados do que ele faz e da atuação das pessoas envolvidas nos projetos desenvolvidos pela escola.” O retorno do trabalho do diretor ou coordenador pode vir por vários canais, da opinião de um pai ao desempenho da escola no Enem. “As duas coisas têm sua importância”, diz Antunes. 

SWOT, para pensar de forma estruturada

A definição de instrumentos de avaliação e a caracterização da comunidade escolar estão entre os instrumentos práticos do curso. O conteúdo inclui ainda ferramentas típicas de administração de empresas, como a Análise SWOT (sigla em inglês para Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças). “Ela ajuda a pensar de forma estruturada sobre os desafios que o gestor está enfrentando e também sobre as oportunidades que se abrem para ele”, explica Antunes.
O curso de Gestão para a Aprendizagem está disponível no Coursera a partir desta sexta-feira (15/5). Ele tem duração de seis semanas e exige a dedicação de cerca de cinco horas por semana. Os participantes vão receber certificado de conclusão.

Versão ampliada

O conteúdo foi condensado de um curso maior criado há mais de dois anos pela Fundação Lemann, que tem cerca de 120 horas de duração e oferece a supervisão de tutores. O programa alia conteúdos online a encontros presenciais – neste semestre, por exemplo, parte das atividades é desenvolvida em polos distribuídos por São Paulo, Ceará e Bahia. “No próximo semestre podemos trabalhar com seis a sete polos, dependendo da demanda”, diz Antunes.




New Call-to-action




Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Bitnami