4 maneiras de usar o Pinterest em suas aulas

(Imagem: Reprodução Pinterest)

ESTE POST FAZ PARTE DE UMA SÉRIE QUE TRAZ DICAS PARA O USO DE REDES E APLICATIVOS SOCIAIS NA SALA DE AULA. NO ÚLTIMO, FALAMOS SOBRE O WHATSAPP (CLIQUE AQUI PARA LER).

No primeiro post desta série (leia aqui), começamos a discutir o valor do Pinterest para educadores e ensinamos como configurar uma conta nessa rede social que permite criar coleções de conteúdos online em “boards” (ou painéis). Seus itens – que podem ser imagens, vídeos, links, artigos – são chamados de “pins”.
Agora, com base em relatos de diversos professores pelo mundo, queremos sugerir ideias para seu uso na educação em diferentes frentes. Se você tiver outras experiências envolvendo essa ou outras redes sociais, compartilhe com a gente na seção de comentários!

1)Crie boards para guardar e organizar ideias

Isso é útil se você, como a grande maioria das pessoas, não sabe como guardar e organizar o enorme número de imagens, links e textos interessantes que encontra na internet. É possível criar um board no Pinterest para reunir só referências para a organização de sua sala, planos de aula ou informações para trabalhar quando for explorar alguma matéria específica. Dica: ao postar o “pin”, é possível escrever observações. Aproveite esse espaço para deixar um lembrete sobre o que há de interessante e útil em cada um deles. Assim, será mais fácil lembrar por que estão ali quando sua coleção começar a crescer.

2) Salve ilustrações, fotos e vídeos para usar em suas aulas

Apesar de ser possível salvar links, o Pinterest é uma ferramenta essencialmente visual, e essa é sua principal utilidade. Para os professores, é uma ótima chance de encontrar material e fazer um repositório de fácil acesso com imagens para enriquecer suas aulas – esquemas, ilustrações, fotos, imagens históricas, vídeos.

3)Gerencie projetos com seus alunos

Você pode estimular seus alunos a usarem o Pinterest em projetos específicos, seja para reunir ideias, referências e conceitos ou mesmo para publicar seu próprio material. Em uma aula de artes, por exemplo, eles podem subir fotos mostrando a evolução de seu trabalho, permitindo ao professor dar feedbacks em tempo real. Outra possibilidade é criar um diário para o registro de uma viagem de campo, com a publicação de fotos e legendas, ou fazer um álbum descrevendo algum evento histórico. O estudo de idiomas estrangeiros também pode ser favorecido: você pode pedir para seus alunos postarem fotos com legendas em outra língua segundo um tema pré-estabelecido.

4) Crie uma coleção literária


Muitas pessoas usam o Pinterest para gerenciar sua coleção de livros que já leram ou que pretendem ler. Seus alunos podem ser estimulados à leitura dessa mesma maneira. Crie um board com livros recomendados para a sua aula e proponha para que eles comentem o que acharam da leitura de cada um. Outra ideia é pedir para que cada aluno crie um board com os livros que já leu, seguidos de uma resenha, e promover o compartilhamento desses boards entre toda a sala. Isso poderá incentivar a turma a ler mais e ajudá-los a descobrir novos livros de interesse. Ou então proponha um desafio literário: peça para que seus alunos criem um board com os livros que pretendem ler naquele ano e os incentive a escrever resenhas à medida que completam a leitura, para acompanhar seu progresso.
Veja outros usos aqui, aqui e aqui (em inglês).
Conhece alguma experiência bacana envolvendo o uso de ferramentas tecnológicas na educação? Envie sua história para o InfoGeekie no e-mail ana.prado@geekie.com.br.
 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Bitnami