Como é possível tirar mais de mil pontos no Enem? A Geekie explica

Esta semana soubemos que alguns estudantes tiraram 1008,3 pontos em matemática no último Enem, recorde do Exame. Muita gente não sabia que é possível ultrapassar os 1000 pontos (nem ele), e dúvidas sobre essa pontuação começaram a surgir. A Geekie abre uma janela na agenda do Especial Avaliação para responder a essas perguntas!
A nota foi um erro do Inep?
Não, a nota acima de 1000 não foi um erro do Inep. É perfeitamente possível tirar mais de 1000 no Enem! Costuma-se acreditar que a escala do Exame vai de 0 a 1000 e que, se o aluno acerta tudo, tira 1000; se erra tudo, tira zero. Mas não funciona dessa forma.
Isso ocorre porque o Enem não utiliza o percentual de acerto ou a teoria clássica, e sim a TRI (Teoria de Resposta ao Item) para a correção das provas objetivas. De acordo com essa teoria, a unidade fundamental de análise é a questão. Assim, as proficiências dos estudantes e todas as demais características da prova são em função dos parâmetros das questões.  
Com isso, as provas não possuem valores de mínimo e máximo fixos: eles variam de acordo com a posição dos itens na escala do Exame. A cada edição, o Inep divulga esses valores referentes a cada uma das áreas do conhecimento (geralmente após a liberação dos resultados individuais). É importante lembrar que as notas do Enem são atribuídas na escala de referência, o que permite a comparabilidade das notas. Veja o exemplo de três provas compostas por 5 questões:



“A prova é constituída por um conjunto de questões com parâmetros de dificuldade, discriminação e acerto ao acaso previamente conhecidos. São esses parâmetros que definem o valor de mínimo e máximo da prova. Quanto mais fáceis as questões, menor o valor da nota mínima da prova. Da mesma forma, quanto mais difíceis as questões, maior o valor do máximo da prova”, explica Camila Karino, diretora de Avaliação da Geekie.


Então uma prova do Enem pode ter um máximo acima de 1008,3?
Sim. Em 2015, os alunos que acertaram todas as 45 questões de matemática receberam a nota 1008,3, mas isso não significa que, se um aluno acertar tudo em uma próxima edição, ele vai tirar a mesma nota. A nota máxima e a mínima dependem do grau de dificuldade das questões. Logo, também é possível que em outra edição o aluno que acertar tudo tire uma nota menor que 1008,3.
“Se analisarmos os valores de mínimo e máximo das provas do Enem desde 2009, nota-se uma tendência de as provas se tornarem gradativamente mais difíceis. Isso é o esperado porque a tendência é a de a população também estar mais bem preparada.”
Como posso aprender mais sobre TRI?
Fácil! Você pode ler este artigo que escrevemos sobre o tema e baixar nosso ebook sobre a Teoria de Resposta ao Item.
E não deixe de acompanhar nossa agenda do Especial Avaliação Geekie:


  1. Avaliação externa e o papel na gestão da escola
  2. TCT (Teoria Clássica dos Testes) e TRI (Teoria de Resposta ao Item)
  3. Avaliação formativa
  4. Avaliação somativa
  5. Saiba por que é possível tirar mais de mil ponto na prova do Enem
  6. Critérios de montagem de prova
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Bitnami